Depois de uma semana de Jogos Olímpicos o Brasil já garantiu 10 medalhas, 2 ouro, 3 pratas e 5 bronzes. Por trás de cada medalha uma história é contada, e a trajetória até o pódio é repleta de emoções.
O surf é um dos estreantes nos Jogos de Tóquio, mas como já era esperado foi um sucesso e garantiu a primeira medalha de ouro do Brasil.
O país tinha quatro representantes, duas mulheres e dois homens: Silvana Lima, Tatiana Weston-Webb,  Gabriel Medina e Italo Ferreira.
As mulheres foram eliminadas antes mesmo da reta final da competição, que teve que ser aceleradas por conta da ameaça de um tufão que chegava a cidade.
A medalha do Ítalo veio depois da vitória em cima do japonês Kanoa Igarashi, as notas ficaram 15.74 a 6.60.
As apostas eram todas em uma final brasileira, mas o japonês derrotou Gabriel Medina, depois de uma polêmica na nota. Kanoa fez o mesmo aéreo que Gabriel, que tirou 7.5 e o japonês 9.8. A manobra feita pelo brasileiro mais difícil por ter sido finalizada  na junção da onda.
O pódio final foi: Ítalo com o ouro, Kanoa Igarashi com a prata e Owen Whight com o bronze.