O hospital de campanha montado no Pacaembu, encerrou as atividades nesta segunda-feira (29). 

O governo atribui o fechamento à queda nos índices de ocupação de leitos destinados ao tratamento do Covid-19. O anúncio do encerramento das atividades foi realizado pelo prefeito Bruno Covas, em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes. 

– Desde o dia 1º de junho essa taxa de ocupação nos leitos vem diminuindo na cidade de São Paulo e nos últimos dez dias nós estamos com uma taxa abaixo dos 50%. Por isso, que então, a Prefeitura entende que chegou o momento de começar a fechar esses leitos na cidade e vamos fechar na segunda-feira o hospital municipal de campanha do Pacaembu – disse Covas.

O hospital no Pacaembu começou a receber pacientes em 6 de abril, custou cerca de R$ 23 milhões e foi operado pelo Einstein, que vai doar todos os equipamentos utilizados para a prefeitura, para auxiliar no combate a pandemia em outros hospitais da cidade.

Fonte: Prefeitura de São Paulo