O Greenpeace respondeu a declaração do presidente Jair Bolsonaro onde chamou a organização de ”lixo”, depois das críticas sobre a reformulação do Conselho Nacional da Amazônia Legal.

“O Greenpeace Brasil lamenta que um Presidente da República apresente postura tão incondizente com o cargo que ocupa.’