A Conmebol confirmou que a grande final da Libertadores não terá público, a decisão foi tomada em conjunto com a CBF.

– A atual situação de pandemia Covid-19, ainda em expansão na América do Sul, não permite a realização de um evento desta magnitude e importância com presença de público, ainda que seja com capacidade reduzida. A resolução é coerente com a posição declarada pela Conmebol desde o início da pandemia no sentido de trabalhar pelo retorno das competições no continente, porém tomando os máximos cuidados para preservar a saúde de todos os membros da família do futebol sul-americano – diz a Conmebol, em seu comunicado.

Mesmo com todos os jogos sendo realizados sem torcida a Conmebol ainda tinha esperança quanto a final. 

O Maracanã foi escolhido como sede da final da Libertadores de 2020 em outubro de 2019. 

Na disputa pelo título estão dois brasileiros: Santos e Palmeiras, que enfrentam dois argentinos: River Plate e Boca Juniors.