A Agência Mundial Antidoping enviou o caso da Rússia ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

O anúncio ocorreu um mês depois da proibição da participação da Rússia em jogos pelo esquema de doping, onde os resultados foram adulterados.